O Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) fez relatório sobre actuação do … IGFEJ!

25 de Outubro de 2014
ministerio-da-justica

Ministério da Justiça

 

Sou só eu que acho estranho que a entidade cuja direcção (bem como o próprio Ministério que a tutela) alegadamente ignorou os alertas do técnicos sobre o Citius, provocando o caos na Justiça, faça um relatório, analisando criticamente a sua a sua própria actividade? Sou só eu que acho que é claramente tendencioso que uma entidade que se analisa a si mesma ilibe num relatório a sua direcção?

Não havia mais nenhuma entidade, mesmo que também sob tutela do Ministério da Justiça? Acham credível que uma entidade consiga ser imparcial o suficiente para apontar falhas à sua própria actividade? Acham que algum sector de um instituto público seria capaz de acusar a sua própria direcção, o seu próprio “patrão”?

Tenho sérias dúvidas.