Quando tens tempo para voltar a “brincar” com Ubuntu

Quando tens tempo para voltar a “brincar” com o Ubuntu é que vês o quão fácil é usar. Mesmo as pequenas dificuldades que encontras estão à distância de uma pesquisa na web com a mensagem de erro e há sempre dezenas de pessoas a tentar ajudar. Neste caso voltei a instalar o Ubuntu (versão mini, apenas com a base) e depois o wIndow manager Fluxbox, um dos mais leves (se

Sobre os migrantes

Há vários meses – friso, vários meses – que a comunicação social fala de milhares – milhares – de pessoas, adultos e crianças, que morrem ao tentar atravessar o Mediterrâneo e só agora é que vos bateu na consciência de toda a gente, para andarem a partilhar fotos de crianças mortas?  Só vendo fotos destas é que acreditam? Eu compreendo que a intenção seja chocar, mas (ainda ) pior do

Porquê?

Porquê? É o que tenho perguntado nas últimas horas. Haverá alguma razão que o justifique? Não sei. Mas adianta agora? Adianta culpar alguém ou alguma coisa? Serve ao menos para dispersar a raiva e a frustração. Mas não mais do que isso. “Estás bem?” E há alguma forma de estar bem numa situação destas? Não há. Mas também não resulta em nada ficar “mal” ad eternum. Não trás ninguém de volta. E

Sporting, Benfica e faixas

Eu não sou adepto nem do Benfica, nem do Sporting. Mas sou adepto do fair play. Invocar um homicídio (por negligência, suponho) num estádio de futebol há mais de 15 anos não tem nada a ver com fair play. Com tanta coisa para ser colocada em faixas, relembrar uma tragédia como a morte de um adepto sportinguista com um verilight numa final da taça roça mais a estupidez. Mas também

Metro Mondego

É com bastante tristeza – até revolta – que li esta notícia, que confirma que o Governo não tem intenção de continuar com o projecto do Metro Mondego e, possivelmente, irá substituí-lo por autocarros eléctricos. É revoltante a forma como os dois governos, quer o socialista, quer o de coligação, trataram a população que este projecto deveria servir. O comboio que fazia a ligação entre Serpins e Coimbra era um

O Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) fez relatório sobre actuação do … IGFEJ!

  Sou só eu que acho estranho que a entidade cuja direcção (bem como o próprio Ministério que a tutela) alegadamente ignorou os alertas do técnicos sobre o Citius, provocando o caos na Justiça, faça um relatório, analisando criticamente a sua a sua própria actividade? Sou só eu que acho que é claramente tendencioso que uma entidade que se analisa a si mesma ilibe num relatório a sua direcção? Não havia